Mitos e verdades sobre doenças cardiovasculares e colesterol

Em Setembro comemoramos o dia do coração. Saiba quais são os mitos e verdades que envolvem as doenças cardiovasculares e o colesterol.

O Setembro Vermelho é celebrado em homenagem ao Dia Mundial do Coração, que tem sua data oficial comemorada no dia 29 de setembro. A data tem o objetivo de chamar a atenção da população sobre a importância de cuidar da saúde deste órgão essencial à vida. 

No Brasil e em todo o mundo, a doença cardiovascular (DCV) é a principal causa de morte. Estima-se que 17,9 milhões de pessoas morrem por doenças cardiovasculares no mundo a cada ano. 

Hábitos saudáveis podem reduzir em até 80% as doenças cardiovasculares

Fato. O tratamento da hipertensão arterial e o controle dos principais fatores de risco para o coração, como controlar o colesterol, evitar o estresse, praticar exercícios físicos regulares e ter uma alimentação saudável podem reduzir em até 80% as doenças cardiovasculares, segundo as conclusões dos mais recentes estudos e diretrizes nacionais e internacionais avaliados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. 

O colesterol só faz mal

Fake. O colesterol é essencial para o organismo, o problema está no excesso. Ele é o precursor das membranas celulares, dos ácidos biliares e da vitamina D.

Alimentação vegetariana contribui para diminuição do colesterol

Fato. O consumo de grandes quantidades de gordura saturada está relacionado ao aumento das taxas de colesterol total e LDL. A gordura saturada é encontrada em alimentos de origem animal, especialmente em vísceras, leite integral e seus derivados, embutidos, frios, pele de aves e alimentos industrializados como bolachas recheadas, congelados e salgadinhos. 

Uma vez que a alimentação vegetariana não inclui o consumo de carnes, esse tipo de alimentação pode contribuir para a redução do colesterol. Em vários estudos, os níveis plasmáticos de colesterol total, LDL-c (“colesterol ruim”), VLDL e  triglicerídeos em indivíduos vegetarianos são menores, quando comparados a indivíduos onívoros.

Alimentos ricos em fibras são bons para o coração

Fato. Uma alimentação rica em fibras ajuda a reduzir as taxas de colesterol. De acordo com a IV Diretriz Brasileira sobre dislipidemia e prevenção da aterosclerose, a recomendação para fibras totais é de 20-30 g/dia, sendo 5-10 g de fibras solúveis. 

As fibras solúveis são encontradas em alimentos como frutas, além de leguminosas como  feijão, grão de bico, lentilha e ervilha. Estas fibras reduzem o tempo de trânsito gastrointestinal e a absorção enteral do colesterol. O farelo de aveia é o alimento mais rico em fibras solúveis e pode, portanto, diminuir moderadamente o colesterol no sangue.

A gordura trans eleva os níveis de colesterol

Fato. O consumo excessivo de gorduras trans pode elevar os níveis de colesterol total e de LDL (colesterol ruim). Além disso, sua ingestão também está ligada a uma maior excreção de HDL, o colesterol bom. Como essas gorduras não possuem demanda por parte do organismo e não trazem benefícios quando são consumidas, o ideal é evitar ao máximo alimentos que contém esse tipo de gordura na sua composição.  

As principais fontes de gordura trans são os alimentos ultraprocessados: biscoitos, especialmente os recheados, frituras, molhos para salada, salgadinhos, bolos, sorvetes, chocolates, massas instantâneas, pratos industrializados, entre outros.

O SARS-CoV-2 causa lesão ao sistema cardiovascular  

Fato. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, no início da ligação do vírus com o hospedeiro, o SARS-CoV-2 utiliza uma proteína denominada ECA 2, que é altamente expressa em tecidos pulmonares e cardíacos, e exerce funções importantes de proteção cardiovascular e pulmonar. A ligação viral a essa proteína de membrana causa inibição desses mecanismos de proteção, podendo resultar em inflamação do miocárdio, edema pulmonar e insuficiência respiratória aguda. 

Segundo estudos, a lesão cardiovascular pode ainda decorrer da resposta inflamatória sistêmica, que resulta no fenômeno de tempestade de citocinas. 

Somente adultos podem ter colesterol elevado

Fake. Crianças e adolescentes também podem ter colesterol elevado. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, estudos brasileiros populacionais demonstram, segundo região e critério, prevalências de 10 a 23,5% de dislipidemias (níveis elevados de lipídeos no sangue) em crianças e adolescentes. 

Somente pessoas com obesidade podem ter colesterol alto

Fake. Pessoas magras também podem apresentar níveis altos de gordura no sangue e estar no grupo de risco de infarto e AVC.

A aterosclerose (deposição de gorduras nas paredes das artérias) se inicia na infância

Fato. A aterosclerose é uma inflamação causada pelo depósito de gorduras nas artérias, que acabam impedindo o fluxo sanguíneo. É uma doença de progressão lenta que se inicia na infância e que pode levar ao infarto do miocárdio e/ou acidente vascular cerebral (AVC). 

Esse processo se desenvolve devido a diferentes fatores, modificáveis ou não. Quanto maior o número de fatores de risco, maior o grau e gravidade da doença. Segundo a  Sociedade Brasileira de Cardiologia, a identificação precoce dos fatores de risco para DCV é fundamental para a prevenção do aparecimento e/ou progressão da aterosclerose, sendo os principais o tabagismo, a hipertensão arterial, o diabetes mellitus, a idade avançada, a

história familiar de DCV e a dislipidemia.  

O estresse afeta a saúde do coração

Fato. Uma situação temporária de estresse não traz repercussões negativas à saúde. No entanto, quando o estresse não é um fenômeno passageiro, e torna-se crônico, ele é nocivo e pode ser, inclusive, um fator desencadeante de doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio. 

De acordo com pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, o estresse crônico eleva o número de glóbulos brancos na circulação e, essas células de defesa, em excesso podem ocasionar a formação de coágulos, que podem vir a obstruir a passagem do sangue para o tecido muscular cardíaco.

A prática de exercícios físicos confere proteção contra as doenças cardiovasculares 

Quanto mais uma pessoa se movimenta, maior a proteção contra as doenças cardiovasculares. A prática de exercícios físicos leva à redução dos triglicerídeos e aumenta o HDL, o “colesterol bom”. Além disso, a atividade física também previne o câncer. De acordo com uma pesquisa feita no Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em parceria com outras instituições, cerca de 10 mil novos casos de câncer poderiam ser evitados se a população praticasse atividade física. 

O colesterol alto não gera sintomas no paciente 

Fato. A hipercolesterolemia é uma doença silenciosa, ou seja, não causa sintomas. É por isso que acompanhar periodicamente os níveis de colesterol, com o exame do perfil lipídico, é tão importante para evitar as doenças cardiovasculares.  O exame avalia os níveis de Colesterol Total (CT), Triglicerídeos (TG), colesterol da lipoproteína HDL (HDL-C) – conhecido como “colesterol bom” – colesterol da LDL (LDL-C) – conhecido como “colesterol ruim” – VLDL (VLDL-C) e não-HDL (não-HDL-C). 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 39% dos adultos (> 25 anos) em todo o mundo têm concentrações elevadas de colesterol total (> 190 mg/dL). A prevalência é mais alta na Europa (54%), seguida das Américas (48%). 

O tabagismo pode elevar o colesterol

Fato. Estudos mostram que, em tabagistas, ocorre o aumento sérico do colesterol total, LDL (colesterol ruim) e triglicerídeos, além de aumentar a oxidação do LDL e o risco para aterosclerose. 

Existem exames que avaliam os níveis de colesterol e triglicerídeos em poucos minutos

Fato. Estes exames são conhecidos como Testes Laboratoriais Remotos e são exames realizados com o auxílio de equipamentos muitas vezes situados fora das dependências de um laboratório de análises clínicas convencional.  Esses exames podem ser realizados em farmácias, clínicas e consultórios e apresentam a grande vantagem de oferecer um resultado rápido e confiável em poucos minutos. 

Sobre a Hilab 

A Hilab é um laboratório de análises clínicas com 16 anos de experiência, pioneiro na utilização de testes laboratoriais remotos no mercado brasileiro de análises clínicas. A tecnologia é nossa grande aliada para democratizar o acesso à saúde em diversas regiões do país. 

Nosso serviço garante atendimento humanizado, rápido e acessível. Nossa exclusiva metodologia de dupla verificação garante muito mais credibilidade aos resultados. Isso porque cada amostra passa pela análise de uma inteligência artificial e também pelo aval de um especialista, que trabalha em nosso laboratório remoto e emite um laudo assinado. Tudo isso acontece em cerca de 30 minutos, e o paciente recebe o resultado diretamente em seu e-mail ou celular.

Os Testes Laboratoriais Remotos da Hilab são realizados dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade. Fale conosco para saber mais.

Referências bibliográficas: 

KAWAHARA, Lucas Tokio; COSTA, Isabela Bispo Santos da Silva; BARROS, Cecília Chie Sakaguchi; ALMEIDA, Gabriel Coelho de; BITTAR, Cristina Salvadori; RIZK, Stephanie Itala; TESTA, Laura; MONIZ, Camila Motta Venchiarutti; PEREIRA, Juliana; OLIVEIRA, Gláucia Maria Moraes de; DIZ, Maria Del Pilar Estevez; GUIMARÃES, Patricia Oliveira; PINTO, Ibraim Masciarelli; KALIL FILHO, Roberto; HAJJAR, Ludhmila Abrahão; HOFF, Paulo M.. Câncer e Doenças Cardiovasculares na Pandemia de COVID-19. Arq. Bras. Cardiol., v. 115, n. 3, p. 547-557, set. 2020.

Oliveira, Gláucia Maria Moraes de et al. Estatística Cardiovascular – Brasil 2020. Arquivos Brasileiros de Cardiologia [online]. 2020, v. 115, n. 3 [Acessado 31 Agosto 2021] , pp. 308-439. Disponível em: <https://doi.org/10.36660/abc.20200812>. Epub 28 Set 2020. ISSN 1678-4170. https://doi.org/10.36660/abc.20200812.

 

Assine também nossa newsletter

Receba dicas sobre saúde e novidades do mercado laboratorial antes de todos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Somos o laboratório pioneiro em testes laboratoriais remotos no Brasil. Criamos tecnologia diagnóstica de ponta com a missão de democratizar a saúde. Nosso time é composto por especialistas na área de saúde, tecnologia e epidemiologia, comprometidos em disponibilizar informações sobre saúde e tecnologia diagnóstica de maneira responsável e segura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *