Home > Blog > Colesterol HDL, LDL, Triglicerídeos: entenda de uma vez por todas

Colesterol HDL, LDL, Triglicerídeos: entenda de uma vez por todas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Muitas pessoas, quando recebem o resultado do exame de Perfil Lipídico, conhecido popularmente como exame de colesterol, ficam confusas ao se depararem com tantas siglas. LDL, HDL, Não-HDL, CT… Você sabe o que significa cada uma delas?

Qual é o colesterol bom? Qual é o colesterol ruim? O que deve ser feito para que os níveis considerados normais sejam mantidos? O que fazer para diminuir o colesterol alto?  

Acompanhe o artigo a seguir e tire todas as suas dúvidas.

O que é o exame de colesterol?

O exame de colesterol, ou Perfil Lipídico, é um exame que inclui uma série de análises. Ele determina os níveis de Colesterol Total (CT), Triglicerídeos (TG) e Colesterol da Lipoproteína HDL (HDL-C).

O Colesterol da LDL (LDL-C), VLDL (VLDL-C) e o Não-HDL (não-HDL-C), são calculados a partir dos resultados das primeiras substâncias.

Triglicerídeos 

Os triglicerídeos são uma das formas de armazenamento de energia mais importantes do corpo. Representam a maior parte das gorduras ingeridas. Níveis elevados de triglicerídeos estão geralmente associados a baixos níveis de HDL-C (colesterol bom) e a altos níveis de partículas LDL-C (colesterol ruim). 

Muitos estudos têm relacionado a diminuição do HDL com o desenvolvimento de doenças do coração. 

Colesterol 

É o precursor das membranas celulares, dos ácidos biliares e da vitamina D. A avaliação do colesterol total é recomendada para mensurar o risco cardiovascular, juntamente com outras análises como os níveis de HDL-C e LDL-C. 

Colesterol HDL (colesterol bom)

O HDL é uma lipoproteína. As lipoproteínas permitem o transporte dos lipídeos pelo organismo. Sem elas, esse transporte não seria possível, pois as gorduras hidrofóbicas, ou seja, não se dissolvem na água e portanto, no sangue.  O HDL é formado no fígado, no intestino e na circulação sanguínea. 

Como essas lipoproteínas participam da retirada do colesterol da parede arterial, elas impedem o acúmulo de gorduras nas artérias. Por isso, a presença de baixos níveis de HDL constitui um fator de risco para a aterosclerose (doença que acomete as artérias).

Colesterol LDL (colesterol ruim)

Assim como a HDL, a LDL é uma lipoproteína, no entanto de baixa densidade. É composta principalmente de colesterol. Transportam o colesterol ao longo do organismo para ser armazenado e também utilizado em biossínteses. Consistem em aproximadamente 25% de proteínas, 25% de lipídeos e 50% de colesterol.

VLDL

VLDL é a sigla para Lipoproteínas de Densidade Muito Baixa. É constituído principalmente por triglicerídeos, os quais são transportados às células em tecidos adiposos ao longo do organismo.

 Não-HDL

É utilizado para estimar a quantidade de lipoproteínas que causam aterosclerose, especialmente em pessoas que apresentam níveis de triglicerídeos elevados.

Já fiz o exame. O que preciso fazer para melhorar os níveis de colesterol?

A atividade física aeróbica regular, como corrida e caminhada, constitui uma medida auxiliar para o controle do colesterol alto. A prática de exercícios físicos levam à redução dos triglicerídeos e aumentam o HDL-c, o “colesterol bom”.

O hábito de fumar está relacionado à queda das taxas de HDL-c (“colesterol bom”) e aumento do VLDL-c. Interfere também na flexibilidade dos vasos sanguíneos, principalmente artérias.

O consumo excessivo de álcool é um fator de risco para acidente vascular cerebral, fibrilação atrial e insuficiência cardíaca.

O consumo de grandes quantidades de gordura saturada está relacionado ao aumento das taxas de colesterol total (CT) e LDL-c (“colesterol ruim”). A gordura saturada é encontrada em alimentos de origem animal, especialmente em vísceras, leite integral e seus derivados, embutidos, frios, pele de aves e frutos do mar, também abundante em produtos industrializados como bolachas recheadas, congelados, salgadinhos, etc.

Para reduzir o colesterol, dê preferência a grãos integrais, vegetais crus ou cozidos, peixes magros e consuma alimentos grelhados ou cozidos no vapor.

A obesidade e o sobrepeso estão relacionados a alterações no perfil lipídico. Não sabe como estão seus níveis de colesterol? Faz um Hilab!


Sociedade Brasileira de Cardiologia. Doença Aterosclerótica. Disponível em<http://prevencao.cardiol.br/doencas/doenca-aterosclerotica.asp>. Acesso em: 31 de outubro de 2018.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Dislipidemia e Aterosclerose. Disponível em:<https://www.endocrino.org.br/dislipidemia-e-aterosclerose/>. Acesso em: 31 de outubro de 2018.

GOSTOU DO ARTIGO? AVALIE

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 77

COMPARTILHE ESTE POST NAS REDES
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial. Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!

RELACIONADOS
Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial.
Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!
Contrate o Hilab

Preencha o formulário para que um de nossos consultores entre em contato com você.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.