Home > Blog > O que são Testes Laboratoriais Remotos?

O que são Testes Laboratoriais Remotos?

Benefícios do Hilab para sua farmácia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Desde 2014, quando a Lei Nº 13.021/14 foi implementada e instituiu que as farmácias são estabelecimentos de saúde, uma quebra de paradigma vem mudando a perspectiva do atendimento farmacêutico diante da expertise e empoderamento desse profissional.

Existe uma variedade de serviços farmacêuticos que podem ser prestados na sua farmácia com o objetivo de atender as necessidades dos pacientes, estabelecendo um relacionamento duradouro e recorrente. 

E dentro desse contexto, os Testes Laboratoriais Remotos, TLR’s, do inglês point-of-care testing (POCT), são uma excelente oportunidade para garantir um diferencial para seu estabelecimento, agregando valor ao cuidado à saúde de maneira mais acessível e preventiva.

Apesar de os TLR’s estarem se tornando cada vez mais comuns nas farmácias de todo o Brasil, muitos farmacêuticos e gestores ainda têm dúvidas sobre os exames e como implementá-los na farmácia. 

Afinal, farmácias fazem exame laboratorial? Como esses exames têm o potencial de auxiliar a comunidade e como implementar o TLR no seu estabelecimento? O farmacêutico está diretamente envolvido no processo? TLR’s são lucrativos? 

Pensando nessas e outras dúvidas, elaboramos um conteúdo com as principais orientações sobre o assunto. Acompanhe nosso post e faça uma boa leitura!

O que são Testes Laboratoriais Remotos? 

Segundo a RDC 302/2005 da Anvisa, que dispõe sobre o Regulamento Técnico para funcionamento de Laboratórios Clínicos, um TLR é um teste realizado por meio de um equipamento laboratorial situado fisicamente fora da área de um laboratório clínico. O teste laboratorial remoto é, muitas vezes, denominado Point of Care Testing (PoCT) ou Teste Laboratorial Portátil-TLP. 

No entanto, segundo a RDC 36/2015, entende-se por PoCT a testagem conduzida próximo ao local de cuidado ao paciente, inclusive em consultórios e locais fora da área técnica de um laboratório, por profissionais de saúde ou por pessoal capacitado pelo Ministério da Saúde e ou Secretarias de Saúde Estaduais e Municipais.

O ponto forte desse tipo de teste se baseia na descentralização do cuidado e atenção à saúde coletiva, sendo que as farmácias possuem um papel central para que as estratégias de prevenção de doenças atinjam a população.

Farmácia faz exame laboratorial? Os exames são permitidos?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes sobre os TLR’s. Afinal, as farmácias podem realizar exames laboratoriais? 

De acordo com a RDC Nº 302/2005

“A execução dos Testes Laboratoriais Remotos – TLR (Point-of-care) e de testes rápidos, deve estar vinculada a um laboratório clínico, posto de coleta ou serviço de saúde pública ambulatorial ou hospitalar.”

Portanto,  a RDC que regulamenta o serviço de procedimentos laboratoriais clínicos não restringe que os testes laboratoriais remotos (TLR) sejam um ponto de ligação entre farmácias e laboratórios.

Esses testes já são uma realidade em farmácias de todo o Brasil. Em agosto de 2019, a Anvisa promoveu um encontro com o intuito de debater o futuro dos TLR’s nesses estabelecimentos. Ficou claro que a realização de exames de forma remota é permitida desde que vinculada a um laboratório clínico. 

No entanto, antes de implantar os exames rápidos na sua farmácia, é importante procurar por tecnologias confiáveis, que apresentem altos níveis de acurácia e precisão. Verifique como a exatidão analítica do laboratório clínico é avaliada, se o equipamento apresenta as certificações necessárias e se a empresa segue as normas da RDC 302 da Anvisa. Afinal, o controle de qualidade é essencial. 

Quais são as vantagens dos TLR’s para os pacientes?

Quando pensamos no termo “laboratorial” logo lembramos das filas de espera e da demora para a entrega dos resultados. Porém, hoje a tecnologia possibilita que as farmácias realizem exames e entreguem um resultado confiável em apenas poucos minutos. 

Sabemos que o tempo de espera para a realização de exames de sangue é um problema de saúde latente no Brasil. Além disso, a dificuldade de acesso também contribui significativamente para o atraso ou impedimento do diagnóstico médico e, consequentemente, do tratamento efetivo.

Outra vantagem dos exames rápidos reside no fato de que, para realizar esses exames, é necessário apenas uma pequena amostra de sangue, obtida por punção digital. Muitas pessoas deixam de realizar exames importantes por considerarem o processo de coleta muito invasivo. Como os testes rápidos necessitam de um volume menor de amostra, coletada através de um pequeno furo em um dos dedos, o desconforto causado pelo exame é consideravelmente menor.

A comodidade e agilidade geradas no processo ainda permitem atingir um maior número de pessoas que são assintomáticas e demorariam a realizar exames, servindo como fonte de informação e encaminhamento aos médicos adequados. 

Esses fatores contribuem para a otimização do tempo dos pacientes e profissionais, além de ampliar o acesso à saúde no Brasil e permitir um melhor controle das doenças de caráter crônico.

Quais são as vantagens para a farmácia? 

Até agora, falamos de todas as vantagens para os pacientes. Mas o que a farmácia ganha com os TLR’s? 

De acordo com um levantamento realizado pelo Ibope a pedido da Abrafarma (Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias) em 2015, 53% das 2.002 pessoas entrevistadas realizariam exames preventivos para várias doenças na farmácia. 

Desse modo, os exames rápidos podem ser uma ferramenta importante para a detecção de riscos de morbidades e monitoramento de pacientes crônicos, como pessoas portadoras de diabetes.

De acordo com pesquisas, uma pessoa com diabetes frequenta a farmácia 8 vezes mais do que um paciente que não tem a doença. Além disso, segundo Mônica Lenzi – Farmacêutica Educadora em Diabetes, especialista no atendimento do paciente diabético – este paciente possui o maior ticket médio do varejo farmacêutico, girando entre R$ 350,00 e R$ 1.500,00 mês. Oferecer exames rápidos é uma excelente oportunidade para fidelizar clientes e contribuir para que a sua farmácia se consolide como um estabelecimento de saúde. 

Além disso, os Testes Laboratoriais Remotos estão entre os serviços farmacêuticos mais lucrativos, perdendo somente para o serviço de vacinas. 

Quais exames oferecer? 

Ao contratar um serviço de exames laboratoriais, é importante avaliar o público da sua farmácia bem como a região onde ela está localizada. No entanto, os exames que costumam ser mais vendidos nesses estabelecimentos são os necessários para o rastreamento de Doenças Crônicas não Transmissíveis como dislipidemias e diabetes.

Para o rastreamento das dislipidemias, o exame realizado é o Perfil Lipídico. Já o diabetes pode ser detectado com os exames de Glicemia (nível de glicose no momento da coleta) ou Hemoglobina Glicada (média da glicose dos últimos 3 meses). 

Outro exame que compõem grande parte do faturamento de exames rápidos é o exame de gravidez – Beta hCG. O motivo? Muitas mulheres que estão com suspeita de gravidez acabam recorrendo à farmácia para comprar os testes de urina, em busca de um resultado rápido. Porém, o exame de gravidez de sangue, além de oferecer um resultado tão rápido quanto o exame de urina – considerando que a mulher faz o exame na hora e não precisa procurar um local adequado para coletar a urina – traz a grande vantagem de ser mais confiável – é um exame de sangue e, por isso, tem menos interferentes.

Além dos exames de Glicemia, Hemoglobina Glicada, Perfil Lipídico e Beta-hCG também é interessante oferecer os exames sazonais, ou seja, aqueles que são mais vendidos em determinadas épocas do ano, como o exame de dengue. 

Clique aqui para contratar o serviço de Testes Laboratoriais Remotos Hilab

Como implementar os Testes Laboratoriais Remotos na farmácia?

A estrutura necessária para a implantação é simples. É preciso providenciar uma sala com atendimento privativo e com instalações semelhantes a um consultório, com uma mesa e cadeiras. O ambiente deve proporcionar segurança, conforto e dispor de condições sanitárias adequadas.

Além disso, o farmacêutico deve ser treinado para realizar os exames. Ele deve entender que os exames não podem ser realizados de maneira isolada, mas devem estar inseridos em um contexto de serviço de cuidado que se estende para o antes, durante e depois dos exames.

Quais são os profissionais envolvidos?

Segundo a Abrafarma, já existem mais de 1.700 farmácias em todo país que contam com uma estrutura para oferecer serviços farmacêuticos, e em 2017 mais de 1,4 milhões de atendimentos clínicos foram realizados por esses profissionais, que são os principais envolvidos.

Vale salientar que a execução dos exames nas farmácias não significa que o diagnóstico será dado pelo farmacêutico.

Este profissional fornecerá orientações aos pacientes sobre o significado desses resultados, se tornando um aliado do médico, que, por sua vez, diagnosticará os quadros clínicos da maneira mais apropriada.

Além dos farmacêuticos, toda a equipe de colaboradores da farmácia deve receber um treinamento adequado. Gerentes, técnicos e atendentes têm um papel fundamental tanto na divulgação do serviço quanto no acolhimento dos pacientes e apoio ao trabalho do profissional farmacêutico.

Segundo a RDC 302/2005 da Anvisa, um Teste Laboratorial Remoto é um teste realizado por meio de um equipamento laboratorial situado fisicamente fora da área de um laboratório clínico.  94,2%  dos farmacêuticos são favoráveis e julgam viável a realização de testes rápidos nas farmácias. Vantagens para o paciente. Procedimento pouco invasivo - coleta de algumas gotas de sangue da ponta do dedo.  Resultado rápido - em média 15 minutos.  Orientações - o farmacêutico explica o significado do resultado e o que o paciente deve fazer com ele.  Vantagens para a farmácia. Valorização dos profissionais farmacêuticos. Consolidação da farmácia como estabelecimento de saúde. Aumento do ticket médio. Fidelização de clientes. Ficou interessado? Contrate o Hilab: <https://hilab.com.br/contrate-o-hilab/>

O futuro das farmácias e drogarias 

É fato que as farmácias no Brasil estão se transformando e a possibilidade da realização de exames de diagnóstico são apenas mais um dos diferenciais que você pode implementar para fidelizar os pacientes.

Hoje um dos maiores gargalos é a dificuldade de prosseguir com os mesmos profissionais durante o acompanhamento das doenças crônicas ao longo da vida. O farmacêutico, com suas competências e habilidades pode ser uma peça-chave e acessível na atual na promoção da saúde da população.

É tempo de resgatar a imagem da profissão farmacêutica e dos estabelecimentos de saúde para além da entrega de caixas de medicamentos. Por isso, ferramentas que auxiliam a melhorar a qualidade de vida e saúde das pessoas para um cuidado mais humano, preditivo e seguro são essenciais.

E então, conseguimos sanar as suas principais dúvidas em relação aos exames laboratoriais remotos em farmácias? Quer agregar mais valor ao atendimento por meio de um serviço que realmente fará a diferença?

Entre em contato conosco e amplie os serviços farmacêuticos proporcionando uma ótima experiência aos seus clientes. 

Conselho Federal de Farmácia. Serviços farmacêuticos diretamente destinados ao paciente, à família e à comunidade: contextualização e arcabouço conceitual / Conselho Federal de Farmácia. – Brasília: Conselho Federal de Farmácia, 2016. 200 p.

CORRER, C. J.; OTUKI, M. A prática farmacêutica na farmácia comunitária. Porto Alegre: Artmed; 2013. 434 p.

Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais. A importância do farmacêutico na vida do diabético. Disponível em: <https://www.crfmg.org.br/farmaciarevista/53/this_materia/148>. Acesso em: 21 de fevereiro de 2020.

GOSTOU DO ARTIGO? AVALIE

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

COMPARTILHE ESTE POST NAS REDES
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial. Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!

RELACIONADOS
Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial.
Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!
Contrate o Hilab

Preencha o formulário para que um de nossos consultores entre em contato com você.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.