Quais são os sintomas da dengue?

mosquito da dengue picando pessoa

Alguns dos principais sintomas da dengue são muito similares aos de infecções como a gripe, a COVID-19, resfriados ou até mesmo a rinite. Contudo, alguns sinais da doença são mais específicos. Sem contar que a dengue tem uma transmissão diferente dessas outras manifestações virais.

A dengue é uma doença endêmica, que apresenta surtos frequentes, principalmente em períodos mais chuvosos no ano. Ela é transmitida através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti, que ao picar uma pessoa infectada, ingere o vírus e o transmite para outras pessoas. 

Existem 4 tipos diferentes desse vírus no mundo (no Brasil, foram registrados casos de 3 desses tipos), o que pode causar formas distintas da doença, porém, ela normalmente se manifesta em 3 fases. Neste artigo vamos entender mais quais são os  sintomas da dengue, suas fases, tratamento e formas de prevenção. 

Fases e Sintomas da Dengue 

O indivíduo infectado pela dengue torna-se sintomático, em média, 4 a 10 dias após ser picado pelo mosquito, podendo ter uma variação de 3 a 14 dias. Muitas pessoas infectadas pelo vírus da dengue podem permanecer assintomáticas durante o quadro viral, porém, outras irão apresentar sintomas de acordo com a fase da doença. 

A Dengue pode apresentar 3 fases, que são elas: 

  • Fase Febril 
  • Fase Crítica 
  • Fase de Recuperação 

Fase Febril 

A fase febril é a primeira fase. Ela é caracterizada pelos seguintes sintomas: 

  • Febres de mais de 39ºC;
  • Dores de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Vômitos
  • Manchas vermelhas na pele.

Nesta fase, ainda podem aparecer hematomas e pontos hemorrágicos no corpo, além de uma queda no número de glóbulos brancos e plaquetas, que pode ser detectado através de um hemograma.

Essa fase dura em torno de 3 a 7 dias. 

Entretanto, a dengue pode evoluir para seu estágio mais severo, especialmente em casos de infecção pelos subtipos 2 e 3. 

Fase Crítica

A segunda fase, chamada de crítica, surge de 4 a 7 dias depois do primeiro sintoma, que é durante o período de defervescência. Ela é caracterizada por sintomas como:

  • dor abdominal intensa; 
  • sangramentos;
  • hipotermia; 
  • entre outros. 

Durante essa fase, o pulso fica mais acelerado, aumentando a frequência cardíaca na tentativa de preservar a irrigação dos órgãos. Caso os sintomas persistam por mais de 72 horas, procure um médico. 

Fase de Recuperação 

A terceira e última fase é a de recuperação. Nesta fase, ainda podem aparecer manchas vermelhas na pele, porém, é a partir desse momento que o paciente começa a melhorar. 

Sintomas de dengue em crianças 

Uma criança com dengue pode não apresentar sintomas, ou então, apresentar sintomas muito semelhantes aos da gripe, o que dificulta o diagnóstico e contribui para que a doença avance rapidamente. 

Em geral, os principais sintomas de dengue em crianças são: 

  • Apatia e sonolência; 
  • Dores no corpo; 
  • Febre alta; 
  • Dor de cabeça; 
  • Recusa para comer; 
  • Diarreia ou fezes amolecidas; 
  • Vômitos; 
  • Manchas vermelhas na pele

Em crianças menores de dois anos, sintomas como dores de cabeça e muscular podem ser identificados com o choro persistente e irritabilidade, por isso, aos primeiros sinais de que algo não está normal, procure um médico. 

Tratamento da Dengue 

O tratamento da dengue deve começar assim que os primeiros sintomas forem identificados. Ele consiste em manter a hidratação adequada do paciente e utilizar medicamentos que amenizem os sintomas da doença. 

É levado em consideração a gravidade dos sintomas para que o tratamento seja recomendado. No geral, o mais recomendado é: 

  • Repouso relativo, enquanto durar a febre; 
  • Ingestão de líquidos; 
  • Medicamentos específicos receitados pelo médico no caso de dor ou febre. 

NÃO ADMINISTRAR ácido acetilsalicílico (AAS). 

Utilize medicamentos apenas com recomendação médica. Caso os sintomas piorem, procure uma unidade de saúde imediatamente. 

Formas de prevenção a dengue 

Além da dengue, o mosquito Aedes Aegypti transmite doenças como Zika e Chikungunya, por isso, é essencial acabar com os focos do animal para evitar a transmissão dessas doenças. 

A melhor forma de se prevenir e combater o mosquito transmissor. Para isso, siga as seguintes recomendações: 

  • Verificar se caixas d’ água estão bem tampadas; 
  • Fechar lixeiras para não haver acúmulo de água; 
  • Colocar areia nos pratos de plantas; 
  • Recolher os lixos do quintal; 
  • Limpar regularmente as calhas; 
  • Cobrir piscinas; 
  • Tapar os ralos e abaixar as tampas de vasos sanitários; 
  • Limpar a bandeja externa da geladeira; 
  • Limpar regularmente as vasilhas de animais de estimação; 
  • Limpar regularmente a bandeja coletora de água do ar condicionado; 
  • Cobrir cisternas; 
  • Cobrir reservatórios de água. 

Utilize também repelentes à base de citronela sempre que julgar necessário. Eles ajudam a evitar picadas de diversos insetos, inclusive o Aedes aegypti

Logo nos primeiros meses do ano, onde temos altas temperaturas e chuvas, podemos notar um aumento no número de casos da doença, pois, a água parada que fica acumulada por causa das tempestades, e aumenta a oferta de criadouros para as fêmeas colocarem seus ovos, dando origem a milhares de novos mosquitos. É preciso adotar medidas de prevenção para conseguir conter a transmissão da doença, protegendo a todos. 

Durante a pandemia, houve um aumento considerável de casos de dengue por conta do enfraquecimento das medidas de combate ao mosquito, por isso, vale reforçar que é essencial adotar medidas preventivas em todos os períodos do ano, principalmente durante o verão. 

Gostou do conteúdo? Aproveite para curtir a página do Hilab no Instagram.

Referências Bibliográficas: 

UNICEF. Prevenção e combate ao Aedes aegypti. Disponível em:<https://www.unicef.org/brazil/prevencao-e-combate-ao-aedes-aegypti> Acesso em: 26 de Maio de 2022. 

TUA SAÚDE. Dengue em crianças: sintomas, sinais de alarme e tratamento. Disponível em: <https://www.tuasaude.com/dengue-na-crianca/> Acesso em 26 de Maio de 2022. 

DRAUZIO. Dengue. Disponível em:<https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/dengue/> Acesso em 25 de Maio de 2022.

SECRETARIA DA SAÚDE DO RS. Febre e dores muscular e de cabeça são os sintomas comuns de dengue registrados. Disponível em: <https://saude.rs.gov.br/febre-e-dores-muscular-e-de-cabeca-sao-os-sintomas-comuns-de-dengue-registrados> Acesso em 26 de Maio de 2022. 

PFIZER. Dengue: Fique Atento Aos Sintomas E Saiba Como Se Prevenir. Disponível em: <https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias/dengue-fique-atento-aos-sintomas-e-saiba-como-se-prevenir> Acesso em 26 de Maio de 2022. 

OPAS. Dengue. Disponível em: <https://www.paho.org/pt/topicos/dengue#:~:text=A%20dengue%20grave%20%C3%A9%20uma,para%20dengue%20ou%20dengue%20grave.> Acesso em 25 de Maio de 2022. 

Medscape. Dengue. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/215840-overview>. Acesso em: 08 de junho de 2022.

Medscape. Severe Dengue Infection. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/781961-overview>. Acesso em: 08 de junho de 2022.

Assine também nossa newsletter

Receba dicas sobre saúde e novidades do mercado laboratorial antes de todos.

Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Somos o laboratório pioneiro em testes laboratoriais remotos no Brasil. Criamos tecnologia diagnóstica de ponta com a missão de democratizar a saúde. Nosso time é composto por especialistas na área de saúde, tecnologia e epidemiologia, comprometidos em disponibilizar informações sobre saúde e tecnologia diagnóstica de maneira responsável e segura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, precisa de alguma informação?

 

Eu posso te ajudar! 😃