Dor de garganta: quais são as principais causas do problema?

A dor de garganta, também chamada de odinofagia, é a dor resultante da inflamação das amígdalas (tonsilite) ou da faringe (faringite).

Esta situação pode ocorrer por causas diversas, dentre elas a alérgica, a viral, a bacteriana e a traumática. Normalmente a inflamação não se limita às tonsilas (amígdalas). A inflamação também pode estender-se à adenóide, que é a  estrutura do sistema imunológico localizada atrás das cavidades nasais.

O processo inflamatório é a resposta natural do corpo à uma agressão, que leva ao local afetado mais sangue, com células de defesa e proteínas pró-inflamatórias. Isto causa inchaço local, além de aumento da temperatura e da sensação dolorosa.

Quais as principais causas de dor de garganta?

Os vírus são os principais responsáveis pela dor de garganta comum, correspondendo a cerca de 70% dos casos, e são facilmente transmitidos através do contato interpessoal.

O quadro de faringite viral também pode ocasionar o surgimento de placas de pus nas amígdalas, o que pode levar erroneamente à administração de antibióticos, que somente devem ser utilizados contra agentes bacterianos. Dentre os vírus mais comuns na amigdalite viral estão o Epstein-Barr, o Rhinovirus, o Adenovírus e o Herpes simplex.

As bactérias correspondem a cerca de 30% dos quadros de faringite e o principal representante dessas é o Streptococcus pyogenes Beta-Hemolítico do Grupo A de Lancefield (GAS; Strepto A). Este estreptococo causa uma dor de garganta severa e está relacionado à febre reumática, que pode trazer repercussões articulares, cardíacas e renais.

Outros representantes do grupo bacteriano são o Mycoplasma pneumoniae, a Chlamydia pneumoniae e o Corynebacterium diphtheriae, entretanto são mais raros.

O quadro de odinofagia alérgica ocorre, geralmente, no inverno, quando a umidade do ar é menor, e na primavera, quando há maior concentração de pólen no ar. Porém, o contato com fungos e ácaros pode desencadear a dor de garganta em qualquer estação do ano.

Já a dor de garganta pós-traumática acontece, principalmente, naqueles que passaram por algum processo cirúrgico envolvendo essa região do pescoço. A retirada das amígdalas (amigdalectomia), da adenóide e das conchas nasais podem desencadear o quadro.

Qual o tratamento para a dor de garganta?

A terapia irá depender da causa base da faringite, variando para cada etiologia. A dor de garganta de origem viral, normalmente, não necessitará de tratamento, sendo autolimitada, ou seja, será solucionada sozinha.

O paciente pode fazer uso de analgésicos para o controle dos sintomas, mas deve evitar os antiinflamatórios, pois a inflamação é a resposta de defesa do organismo.

Para as amigdalites bacterianas, o tratamento será realizado de acordo com o microrganismo causador do quadro. Cada bactéria é suscetível a um antibiótico diferente, e o uso irracional destes pode causar o aparecimento de microrganismos multirresistentes.

Da mesma forma que para a dor de garganta de origem viral, podem ser utilizados analgésicos para o controle da dor.

Após uma cirurgia, como a amigdalectomia, será recomendado ao paciente que, no pós-operatório, aumente a ingestão de alimentos gelados, dando preferência aos líquidos. Isso fará com que o inchaço local diminua, assim como a dor. Enquanto isso, nos casos alérgicos, é recomendado o uso de anti-histamínicos, que reduzirão a resposta do organismo aos alérgenos presentes no ar.

Evite a automedicação

Deve ser salientado que a automedicação não é recomendada em caso algum. A orientação médica sempre será prioridade em qualquer quadro de doença.

O uso indiscriminado de medicamentos para o tratamento da dor de garganta pode levar a sérias complicações, como hipertensão, doença do refluxo gastroesofágico, gastrite, insuficiência renal e hepática. Portanto, procure sua unidade de saúde ou seu médico de confiança sempre que apresentar qualquer alteração em sua saúde.

Gostou do nosso artigo? Compartilhe-o nas suas redes sociais para que seus amigos conheçam as principais causas da dor de garganta. 

Referências Bibliográficas:

MD Saúde. Dor de Garganta. Disponível em:<https://www.mdsaude.com/otorrinolaringologia/dor-de-garganta/>. Acesso em: 14 de agosto de 2019.

Medscape. Tonsillitis and Peritonsillar Abscess. Disponível em:<https://emedicine.medscape.com/article/871977-overview#a1>. Acesso em: 14 de agosto de 2019.

Medscape. Viral Pharyngitis. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/225362-overview>. Acesso em: 14 de agosto de 2019.

Medscape. Bacterial Pharyngitis. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/225243-overview>. Acesso em: 14 de agosto de 2019.

Medscape. Pharyngitis. Disponível em:<https://emedicine.medscape.com/article/764304-overview>. Acesso em: 14 de agosto de 2019.

Assine também nossa newsletter

Receba dicas sobre saúde e novidades do mercado laboratorial antes de todos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Somos o laboratório pioneiro em testes laboratoriais remotos no Brasil. Criamos tecnologia diagnóstica de ponta com a missão de democratizar a saúde. Nosso time é composto por especialistas na área de saúde, tecnologia e epidemiologia, comprometidos em disponibilizar informações sobre saúde e tecnologia diagnóstica de maneira responsável e segura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, precisa de alguma informação?

Vamos conversar!