Quais são os exames mais importantes para os idosos?

Aproximadamente 8% da população mundial tinha 60 anos ou mais em 1950. No ano 2000, esse número cresceu para 10% e, em 2050, espera-se que atinja 21%.

A entrega de serviços clínicos de prevenção a esta população é muito importante, entretanto pessoas com 65 anos ou mais são raramente incluídas em pesquisas de cuidados preventivos.

Com o envelhecimento populacional, as decisões e recomendações a respeito dos cuidados preventivos em saúde tornam-se mais complexos. A saúde do idoso é mais delicada, eles estão propensos a problemas como: doenças cardíacas, câncer, doença vascular cerebral, e doenças respiratórias crônicas. Essas doenças são geralmente resultantes do tabagismo, dieta não saudável e sedentarismo.

Muitas pessoas têm dúvidas em relação aos exames e cuidados necessários para envelhecer com saúde. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas importantes para você. Acompanhe o artigo a seguir.

Saúde do idoso: Quais são as principais recomendações?

Os idosos devem ser recomendados a cessar o tabagismo (principal causa de mortes evitáveis no mundo – doenças cardiovasculares, cerebrovasculares, câncer, etc.), aumentar a ingestão de ácidos graxos saudáveis (ômega 3, ômega 6, encontrados em alimentos como linhaça e nozes) e participar de programas de atividade aeróbica e aumento de força muscular.

O tratamento com aspirina, com agentes que reduzem o colesterol, a vacinação contra tétano, difteria, pneumonia e gripe também são intervenções importantes.

Outras recomendações incluem o rastreamento para aneurisma de aorta (em homens entre  65 e 75 anos); câncer de mama para mulheres com pelo menos 40 anos de idade e câncer colorretal para homens com ao menos 50 anos de idade.

Recomendações específicas

Abaixo estão citadas recomendações específicas a serem aplicadas na população idosa:

Tabagismo É responsável por aproximadamente 156.216  mortes no Brasil anualmente.
Terapia com Aspirina Todos os pacientes com risco aumentado para doença cardíaca coronariana devem ser aconselhados a iniciar a terapia com AAS.
Aneurisma de Aorta O ultrassom para avaliar aneurisma aórtico é indicado para homens, tabagistas ou ex-tabagistas, ao menos uma vez.
Câncer de Mama Deve ser continuada em mulheres acima de 65 anos, pois dois terços das mortes por câncer de mama ocorrem neste grupo. Deve ser iniciada aos 40 anos e realizada a cada 1 ou 2 anos.
Câncer Colorretal O principal exame na detecção do câncer colorretal é a colonoscopia. Pode ser realizada, também, a pesquisa de sangue oculto em fezes e a retossigmoidoscopia.
Colesterol Para homens acima dos 35 anos e mulheres acima dos 40 com elevado risco para doença cardíaca coronariana.
Diabetes O rastreamento de rotina a cada 3 anos deve iniciar aos 45 anos de idade em pessoas assintomáticas e antes dos 45 naquelas acima do peso com ao menos um fator de risco, como sedentarismo, doença cardiovascular, ou etnia afrodescendente ou hispânica.

Outros exames

Além dos exames citados, existem outros que possuem menor grau de indicação e devem ser analisados individualmente e discutidos entre o médico e o paciente. Dentre esses testes, podemos incluir:

  • TSH
  • Densitometria óssea
  • Raio-X de tórax
  • Dosagem de Vitamina D, cálcio e PTH
  • Ureia e Creatinina
  • PSA* (para homens)

*A realização do exame de PSA deve ser exaustivamente discutida entre paciente e médico devido aos riscos relacionados ao resultado do teste, que podem incluir: biópsia de próstata desnecessária (pode levar à infecção da próstata, incontinência urinária, impotência sexual), tratamento desnecessário (retirada total da próstata ou radioterapia), afetar negativamente o psicológico do paciente devido a um resultado positivo que não significa a presença de câncer.

Chegada da melhor idade: desfrute esse momento

A chegada da melhor idade não deve ser vista como um malefício, mas como uma oportunidade. O idoso saudável poderá desfrutar deste momento, viver experiências únicas, viajar, passar tempo com filhos e netos, aproveitando realmente o que a melhor idade tem a oferecer. Esta possibilidade está profundamente ligada à prevenção em saúde, e a melhor maneira de aproveitá-la é adotando hábitos saudáveis juntamente ao acompanhamento médico.

Consultar um farmacêutico também é importante, principalmente se você é portador de alguma doença crônica como hipertensão e diabetes ou faz uso de diferentes medicamentos. Esse profissional é um grande aliado do idoso, pois pode revisar a prescrição e orientar sobre o uso correto da medicação. Procure uma farmácia!

Se você gostou de saber mais sobre os exames mais importantes para os idosos, aproveite para compartilhar o conteúdo nas redes sociais.

Referências Bibliográficas:

https://www.medscape.org/viewarticle/577840

https://www.msdmanuals.com/pt-br/profissional/geriatria/prestação-de-cuidados-a-idosos/visão-geral-do-cuidado-geriátrico

https://www.medscape.com/viewarticle/870089

https://www.medscape.com/viewarticle/881963

https://www.medscape.com/viewarticle/898458_3https://www.medscape.com/viewarticle/898458_6

https://www.medscape.com/viewarticle/880535#vp_2

https://www.minhavida.com.br/saude/galerias/16869-conheca-os-exames-para-entrar-bem-na-terceira-idade

https://www.uptodate.com/contents/geriatric-health-maintenancehttps://www.aafp.org/afp/2008/0715/p206.html

Assine também nossa newsletter

Receba dicas sobre saúde e novidades do mercado laboratorial antes de todos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Laboratório de Análises Clínicas Hilab

Somos o laboratório pioneiro em testes laboratoriais remotos no Brasil. Criamos tecnologia diagnóstica de ponta com a missão de democratizar a saúde. Nosso time é composto por especialistas na área de saúde, tecnologia e epidemiologia, comprometidos em disponibilizar informações sobre saúde e tecnologia diagnóstica de maneira responsável e segura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, precisa de alguma informação?

Vamos conversar!