Home > Blog > O papel do farmacêutico frente à pandemia de COVID-19

O papel do farmacêutico frente à pandemia de COVID-19

farmacêutica entregando medicamento ao cliente
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Neste momento delicado que o mundo inteiro está enfrentando, os farmacêuticos se tornaram protagonistas na luta contra o novo Coronavírus. Mas como, na prática, os profissionais de farmácia podem contribuir para salvar vidas? Nós contamos para você!

 

Desde que a OMS – Organização Mundial da Saúde oficializou a batalha contra a COVID-19 como uma pandemia, governantes de todas as partes do planeta começaram a adotar medidas sanitárias que objetivam a proteção à vida e o achatamento das curvas de casos da doença. 

Profissionais da saúde de praticamente todas as classes foram convocados a assumir a linha de frente no embate contra o vírus, mas uma classe ganhou um destaque especial nesse momento: os farmacêuticos. Eles têm um papel fundamental na orientação à população sobre prevenção e sintomas, bem como no combate contra as fake news que envolvem a doença, além de diagnosticar e notificar possíveis casos sintomáticos.

Mas como esse profissional pode contribuir na prática para minimizar os danos da pandemia? Preparamos algumas dicas facilmente aplicáveis na rotina de uma farmácia que podem ajudar você, farmacêutico, a desempenhar seu papel com ainda mais excelência. Confira!

Estude o máximo que puder sobre o Coronavírus

O primeiro passo é, sem dúvidas, estudar sobre o vírus. Isto porque você é responsável por orientar diariamente não só a população, mas a sua própria equipe de trabalho. Estar munido de informações é o início da sua contribuição.

Busque conhecimento em fontes oficiais dos órgãos de saúde, que é os que estão aptos a emitir orientações neste momento. Separamos algumas fontes seguras para você salvar como favoritas no seu celular:

  • Site coronavirus.saude.gov.br – criado pelo Ministério da Saúde para concentrar informações sobre a doença;
  • Plataforma COVID Verificado – criado pela USP para separar o que é conteúdo científico sobre a COVID-19 e o que é fake news;
  • Blog Hilab – concentra conteúdos úteis, didáticos e de fácil leitura para você acompanhar semanalmente.

Fique por dentro das últimas notícias sobre possíveis tratamentos

Parece bobagem, mas é preciso lembrar que este é um vírus novo. Especialistas de todas as partes do mundo estão, neste momento, em seus laboratórios procurando por informações que possam trazer a cura da doença. Ainda que a vacina esteja prevista apenas para daqui alguns meses, possíveis tratamentos podem surgir. E a sua classe com certeza é uma das mais interessadas no assunto, certo? Então fique de olho!

Treine a sua equipe e minimize os riscos de contaminação na farmácia

Depois de estudar tudo sobre a doença, é hora de começar a compartilhar com as pessoas ao seu redor, a começar por seus colegas de trabalho. Promova um treinamento a todos da equipe com tudo o que é necessário saber sobre esse novo momento: informe sobre o vírus, sobre a doença e seus sintomas, possíveis tratamentos discutidos pela mídia e sua real efetividade conforme o posicionamento dos órgãos oficiais. 

Também é necessário mudar toda a dinâmica de trabalho na farmácia. Adotar medidas que minimizem a contaminação não só dos funcionários, mas também de todos os consumidores. Permita apenas um número reduzido de pessoas dentro do estabelecimento, disponibilize álcool gel 70% na entrada e nos caixas, sinalize a distância de 1,5m do balcão de atendimento e também nas filas e ofereça materiais de proteção para toda a equipe. 

Em alguns lugares do país, já se tornou lei a utilização de máscara de proteção a todos que saiam nas ruas. Neste caso, o ideal é permitir a entrada na farmácia apenas de uma pessoa da família por vez, usando a máscara e aplicando álcool nas mãos. 

EDUQUE a população sobre sintomas e prevenção

O papel do profissional de farmácia sempre foi contribuir com a sociedade não só por meio de conhecimento técnico, mas também de uma abordagem humanizada, agora mais do que nunca. 

Por ser um vírus recém descoberto da família dos coronavírus, tudo ainda é novidade. Cada notícia que surge sobre a doença afeta diretamente a rotina dos profissionais de farmácia, já que a população vai até elas em busca de medicamentos ou informações sobre o que funciona ou não

Orientar sobre a doença, sobre como prevenir e desmistificar boatos que correm na população é como entregar o pote de ouro aos que buscam tirar dúvidas. Além de que o conhecimento correto informado por você sofrerá um efeito cascata muito positivo, uma vez que cada pessoa com quem você conversar também vai conversar com outras pessoas e é bem provável que diga: “deixa eu te contar o que a moça/o moço da farmácia me disse”.

Faça a triagem clínica e testagem rápida com casos suspeitos

Você sabia que é possível testar possíveis casos sintomáticos do COVID-19 na própria farmácia? Alguns laboratórios já permitem essa possibilidade, o que aumenta mais mais a importância das farmácias e de seus profissionais na pandemia

No Brasil, o teste da Hilab tem se destacado porque o seu modelo de análise usando a internet e a inteligência artificial permite que o resultado saia em 10 ou 15 minutos, inclusive com validação médica. A partir daí, o próprio farmacêutico, que recebe treinamento gratuito para avaliar os exames, pode direcionar corretamente o paciente que testar positivo.

Hoje mais de 1.000 farmácias no país já têm parceria com o laboratório e contribuem, diariamente, para a identificação não só de casos de coronavírus, bem como de outras várias doenças infecto-contagiosas. Se você quiser saber mais sobre como funciona esse teste ou deseja adquirir para a sua farmácia, entre em contato com a gente!

Última, mas não menos importante: cuide-se!

É verdade que a vida já não é mais a mesma. Hábitos, rotinas, cuidados: tudo precisou se moldar à nova realidade e a sua classe com certeza foi uma das que mais precisou se adaptar a este novo estilo de vida. Faz parte dessa profissão, assim como da maioria das profissões da saúde, o olhar focado no outro, mas você não pode esquecer de si mesmo. Tome conta da sua saúde: continue com os cuidados rigorosos contra o vírus, mas também cuide da saúde mental e das emoções.

A responsabilidade parece ter aumentado ainda mais e você pode estar se sentindo um pouco sobrecarregado. Mas também é um momento em que a sociedade está olhando para a real (e enorme) importância do farmacêutico, que algumas vezes pode ser esquecida ou confundida. Orgulhe-se da profissão que escolheu!

Esperamos que tenha gostado das dicas e se tiver alguma dúvida na hora de aplicá-las, volta aqui e deixa nos comentários. Para continuar tendo acesso aos nossos conteúdos, assine a nossa newsletter. 🙂

GOSTOU DO ARTIGO? AVALIE

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

COMPARTILHE ESTE POST NAS REDES
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial. Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!

RELACIONADOS
Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial.
Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!
Contrate o Hilab

Preencha o formulário para que um de nossos consultores entre em contato com você.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.