Home > Blog > Como e por que organizar campanhas de saúde na farmácia?

Como e por que organizar campanhas de saúde na farmácia?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Segundo o Conselho Regional de Farmácia de São Paulo, a falta de orientação é um dos principais obstáculos à prevenção de doenças.                                    

Grande parte das doenças cardiovasculares, por exemplo, poderia ser evitada com a adoção de uma alimentação balanceada, controle do colesterol e prática de atividade física regular. Por ano, no Brasil, cerca de 300 mil brasileiros morrem em decorrência dessas enfermidades. 

Incentivar a população a buscar a orientação de um profissional de saúde é essencial para reverter esse quadro. No entanto, grande parte das pessoas somente procura atendimento quando está com algum sintoma ou algum problema de saúde já estabelecido. Desta forma, é essencial que a farmácia, por ser o estabelecimento de saúde mais próximo da população procure, sempre que possível, realizar campanhas de saúde. 

As campanhas contribuem para que a comunidade veja a farmácia/drogaria como um estabelecimento de saúde, uma vez que as pessoas podem buscar a orientação de um profissional de saúde neste estabelecimento. Além disso, constituem uma excelente oportunidade para mostrar aos clientes quais serviços farmacêuticos estão sendo oferecidos. 

Segundo dados da Abrafarma, em 2018, as campanhas de saúde mobilizaram cerca de 3 mil farmacêuticos e mil farmácias do Brasil, totalizando mais de 200 mil atendimentos.

A construção de um relacionamento sólido

Embora a dispensação de medicamentos seja o serviço mais realizado pelos farmacêuticos, investir somente na dispensação não é suficiente para conquistar os seus clientes. Hoje, as pessoas buscam comprar seus medicamentos nas farmácias que podem oferecer os melhores preços, ou que estão localizadas mais próximas à casa ou trabalho. 

Para construir um relacionamento sólido com o seu cliente, é essencial oferecer outros tipos de serviços farmacêuticos, que possam atender melhor às necessidades de saúde do paciente e da comunidade.

Além da dispensação de medicamentos, outros serviços incluem o rastreamento em saúde, educação em saúde, manejo de problemas de saúde autolimitados, revisão da farmacoterapia e acompanhamento farmacoterapêutico. 

Pode ser que você já realize alguns destes serviços, no entanto pode não realizá-los com frequência porque as pessoas que frequentam a sua farmácia ainda não sabem que você os oferece. A farmácia é um estabelecimento de saúde, no entanto é preciso mostrar isso para o seu cliente. 

Ao organizar uma campanha, você terá a oportunidade de divulgar seus serviços para toda a comunidade, convidando o seu cliente a fazer o acompanhamento da saúde na farmácia. 

Como uma campanha de saúde deve ser organizada? 

Para organizar uma campanha, o primeiro passo é definir uma data comemorativa da saúde. Procure avaliar o público e a localização da sua farmácia para organizá-la e assim  focar nos serviços que mais podem trazer retorno para a sua farmácia. 

Após definir o foco da sua campanha, verifique se a sua farmácia possui a estrutura física necessária. Você tem uma sala de procedimentos? Caso não tenha, é possível montar uma tenda na parte externa? 

Também é importante definir os materiais de divulgação. Como as pessoas ficarão sabendo da sua campanha? Organize o material de marketing para divulgar nas redes sociais. Se possível, também invista em um folder ou outro tipo de material explicativo. 

Quais serviços farmacêuticos podem fazer parte das campanhas de saúde? 

Os serviços farmacêuticos prestados irão depender do tema da campanha organizada pelo estabelecimento. 

Em uma campanha sobre o diabetes, por exemplo, você poderá fazer a aferição da pressão arterial, testes de glicemia e hemoglobina glicada, análise da composição corporal, testes de perfil lipídico, além de dar orientações sobre alimentação saudável. Os mesmos serviços podem ser oferecidos, também, em uma campanha de obesidade na farmácia. 

Aumente o faturamento da sua farmácia: contrate o Hilab e faça exames rápidos no seu estabelecimento

Campanhas de saúde: confira as datas mais importantes 

Existem inúmeras datas comemorativas da saúde. Você pode alinhar as suas campanhas à essas datas, avaliando o público da sua farmácia. A seguir, você pode encontrar alguns exemplos: 

Janeiro

20/01 – Dia do Farmacêutico 

 Março 

08/03 – Dia Internacional da Mulher

31/03 Dia da Saúde e da Nutrição 

Abril 

07/04 – Dia Mundial da Saúde

26/04 – Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial 

Maio 

25/05 – Dia Internacional da Tireoide

31/05 Dia Mundial sem Tabaco 

Junho

09/06 – Dia da Imunização

21/06 Dia de Controle da Asma  

Julho 

24/07 – Dia Mundial do Autocuidado 

28/07 – Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

Agosto 

08/08 Dia de Combate ao Colesterol 

Setembro 

25/09 – Dia Internacional do Farmacêutico

29/09 Dia Mundial do Coração 

Outubro 

01/10 Dia Nacional do Idoso 

Novembro 

14/11 Dia Mundial do Diabetes 

Dezembro 

01/12 – Dia Mundial de Luta Contra a Aids

O que o farmacêutico ganha com as campanhas de saúde? 

As campanhas de saúde contribuem para estimular o trabalho do farmacêutico que, por meio da educação em saúde, pode esclarecer inúmeras dúvidas da população. 

De acordo com a Resolução nº 583, são atribuições clínicas do farmacêutico, relacionadas à comunicação e educação em saúde: 

I – Estabelecer processo adequado de comunicação com pacientes, cuidadores, família, equipe de saúde e sociedade, incluindo a utilização dos meios de comunicação de massa; 

II – Fornecer informação sobre medicamentos à equipe de saúde; 

III – Informar, orientar e educar os pacientes, a família, os cuidadores e a sociedade sobre temas relacionados à saúde, ao uso racional de medicamentos e a outras tecnologias em saúde; 

IV – Desenvolver e participar de programas educativos para grupos de pacientes; 

V – Elaborar materiais educativos destinados à promoção, proteção e recuperação da saúde e prevenção de doenças e de outros problemas relacionados; 

VI – Atuar no processo de formação e desenvolvimento profissional de farmacêuticos; 

VII – Desenvolver e participar de programas de treinamento e educação continuada de recursos humanos na área da saúde. 

Todas essas atribuições são essenciais para que a comunidade enxergue a farmácia como um estabelecimento de saúde. Com as campanhas de saúde todos ganham: a farmácia, que pode construir um relacionamento sólido com o cliente e a população que recebe as orientações necessárias e ganha em qualidade de vida. 

Clinicarx. Como montar uma campanha de obesidade na sua farmácia. Disponível em: <https://clinicarx.com.br/como-montar-uma-campanha-de-obesidade-na-sua-farmacia/>. Acesso em: 12 de julho de 2019. 

 

Conselho Federal de Farmácia. Serviços Farmacêuticos: Contextualização e Arcabouço Conceitual. Disponível em: <http://www.cff.org.br/userfiles/file/pdf/Servi%C3%A7os%20farmac%C3%AAuticos%20contextualiza%C3%A7%C3%A3o%20e%20arcabou%C3%A7o.pdf>. Acesso em: 12 de julho de 2019. 

 

Saude.mg.gov.br. Datas Comemorativas da Saúde. Disponível em: <http://www.saude.mg.gov.br/sobre/datas-comemorativas-da-saude>. Acesso em: 12 de julho de 2019. 

 

Ministério da Saúde. Relatório de Investimento. Disponível em: <http://www.saude.gov.br/campanhas>. Acesso em: 12 de julho de 2019. 





GOSTOU DO ARTIGO? AVALIE

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

COMPARTILHE ESTE POST NAS REDES
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial. Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!

RELACIONADOS
Fique por dentro de todas as novidades sobre saúde e mercado laboratorial.
Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo!
Contrate o Hilab

Preencha o formulário para que um de nossos consultores entre em contato com você.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.